15 de dezembro de 2013

Corações e férias

Para todos os corações

  Imagem daqui

Para todos os corações
Um brilho que vem do céu
Ser criança em emoções
Feito um barco de papel.

Para todos os corações
Um bálsamo de esperança
Natal cheio de canções
De quando se era criança.

Para todos os corações
Um novo olhar sobre o mundo
Iluminando as paixões,
Com sentimentos profundos.

Para todos os corações
A paz, a fraternidade
Os povos em união
Sem violência ou maldade.

Para todos os corações
Um pouco de ingenuidade
Numa ciranda de irmãos
Num mundo de igualdade!

( Anne Lieri)




A equipe do blog Educação em foco entra em férias agradecendo as visitas deste ano, os comentários e amizade de todos!

Que 2014 seja um ano melhor para a educação de nosso país é a nossa esperança!

Voltaremos no final de janeiro/2014 com nosso ideal de uma educação de qualidade.

Beijos a todos!



8 de dezembro de 2013

Uma lição para o mundo

Uma lição para o mundo

(Anne Lieri)


imagem .Daqui


De vez em quando aparece uma pessoa no mundo para nos ensinar lições preciosas.

Nelson Mandela, presidente da África do sul, foi uma dessas pessoas. Apesar de sua idade avançada e a vida difícil que teve sua morte entristece a todos.

Seu legado vai além da igualdade que reivindicou.

Homem tenaz, mas sensato. Inteligente, mas humilde. Corajoso em suas opiniões, mas respeitoso com o outro.

Numa época em que negros e brancos viviam em guerra, ele aparece apregoando a paz, a união entre os povos, a democracia.

Chamado carinhosamente de “Madiba”, nome do clã Thembu a que pertencia (e foi criado para ser líder tribal) e também de” tata” que significa pai, vemos o quanto ele era querido e respeitado.

Mandela era um príncipe. Não um príncipe de cavalo branco e olhos azuis, mas um príncipe negro, de espírito guerreiro, iluminado e justo.

Mais que tudo ele foi um professor. Um professor que, mesmo na prisão por 27 anos, inspirou a luta pelo fim do apartheid na África do Sul e até o fim da vida deu uma lição de dignidade e justiça social.

Ensinou aos negros a ter orgulho de sua raça e aos brancos a respeitá-los.

Ensinou que o mundo não pode ser dividido por cores e que, somente unidas, as pessoas conquistarão sua liberdade, porque onde impera o ódio, não existe homem livre.

Essas lições devem ser levadas ás salas de aula de todo planeta e nós, professoras não devemos nunca mais deixar que o racismo tome conta das cabeças de nossas crianças.


Essa é a esperança de Madiga. Sua herança para todos nós!