30 de setembro de 2013

Pela vida e pelas crianças

Olá pessoal.


Como todos sabemos outubro é tempo de alegria. Já já chegamos ao dia das crianças e nesta data tão especial, não podemos deixar de fora a reflexão sobre o que é ser criança.

Imagem daqui
Durante muito tempo, como vemos na história, elas foram tratadas como adultos em miniatura. Eram educadas de forma bruta e as cobranças iam muito além do que o tempo e a idade delas podia suportar. 

O tempo foi passando, os estudos se aprofundando e agora, embora saibamos que a criança precisa brincar e que é na brincadeira que ela aprende muitas instituições escolares, professores, pais e amigos continuam pensando nos pequenos como adultos. 

Confesso que minha maior decepção é saber que ainda há crianças espalhadas por "estes países" sem escola e escravas da exploração infantil. 

Por isso o título do post de hoje.

Estou aqui para convidar você professor, você pai, você gestor a deixar um pouco de lado a parte burocrática da educação. Neste mês, vamos pensar nas crianças!!  Refletir sobre o que é ser criança e deixar que a criança que ainda existe dentro de nós se una aos nossos alunos e nos permita sentir, mais uma vez, o gostinho da inocência e desta grande experiência de nossa vida. 

Que tal reunir experiências? 
Aceitam o desafio!?

Diga ai uma experiência que muito te marcou na infância. E por que ela é tão importante pra ti. 


Uma Ótima semana a todos 


29 de setembro de 2013

Trabalhar flores na educação infantil

Trabalhar flores na educação infantil
(Anne Lieri)





Minha sugestão de hoje vai para as professoras de educação infantil, mas pode se estender ás séries iniciais, basta adaptar as atividades.

Primavera no ar e na escola sempre tem aquela festinha e exposições de trabalhos manuais.

Comece a preparar agora e guardar algumas coisas feitas para não enlouquecer ás vésperas das comemorações.

Abaixo, algumas ideias e no final coloquei os links dos blogs que pesquisei onde há milhares de outras dicas.

Para a turminha dos menores que tal usar carimbos de mãozinhas? Vejam alguns exemplos:






A sala do jardim da infância, de 4 a 5 anos escolhi trabalhos com sucata. É  fundamental que eles façam seus próprios trabalhos, apenas com a orientação da professora, por isso apresento modelos bem simples.

Com tampinhas.



Com caixa de leite



Aos maiores, a partir de seis anos que tal apresentar algum artista que retrate flores, colorido, primavera? Apresente a eles obras de Romero Brito, por exemplo, e deixe a releitura por conta da criatividade de cada um.


Obra de Romero Brito para inspirar as crianças.


Em cima dessas ideias cada professora pode desenvolver um projeto legal, adequado á sua sala.

Vai ficar uma festa bem bonita, com certeza!


Como prometi, os links dos blogs pesquisados:





28 de setembro de 2013

Educação Infantil - Carimbo das Mãos e Pés


Olá leitores,

Na Educação Infantil as crianças estão se adaptando ao universo de imagens e começam a perceber as cores e as formas de tudo que vê. Nós educadores temos que estar atentos à isso e nada como oferecer diferentes materiais aos nossos pequenos a fim de ampliar sua capacidade de expressão e conhecimento.

Deixo aqui algumas dicas que podem ser trabalhadas com eles. Vai dar trabalho, mas o resultado final é gratificante para ambas as partes. 

Atividades com Pintura das Mãos











25 de setembro de 2013

Produção de texto: Meu monstrinho


Como parte do projeto de escrita autônoma apliquei essa produção de texto e fiquei encantada com as produções dos alunos. Segue aqui o texto da aluna Victória do 3º ano C. 


Primeiro deve-se entregar uma folha em branco e pedir aos alunos que vá desenhando conforme você vai ditando (abaixo a descrição do personagem).

Depois dê algumas diretrizes para escrita:

  1. qual o nome do personagem
  2. onde mora e o que ele veio fazer aqui
  3. do que gosta
  4. se viveu alguma aventura
  5. etc.

Eu adorei o tipo de produção, pois os alunos imaginaram mil situações ao personagem inesperado. 

Vale tentar.

Beijocas 

Pro Cris Chabes









18 de setembro de 2013

Jornal da Escola

Olá leitores do Educação em Foco, quem disse que criança não lê jornal?

Um dia, logo no inicio da aula, uma aluna trouxe uma notícia do jornal "A folhinha de São Paulo" e todos adorara. Daí surgiu a ideia de produzir um jornal na escola. Os alunos adoraram e trouxeram várias notícias. 

A princípio foi só leitura, comentários sobre os tipos de notícias, produção escrita e como chamar atenção dos leitores para a leitura.

Após selecionar as matérias, levei a turma para sala de informática afim de digitar e aprender a formatar cada matéria. 

Decidimos que as primeiras edições seriam publicadas no mural da escola, assim os alunos das outras séries poderiam ler e opinar. Todos da escola estão entusiasmados com o jornal e já estamos recebendo matérias de outras classes. 

Seguem aqui as primeiras matérias.

Espero que gostem.

Beijocas
Cris Chabes














 

17 de setembro de 2013

Teatro de Mamulengos

Durante o projeto sobre o nordeste, confeccionei com meus alunos os bonecos mamulengos.

Mamulengos são representações utilizando bonecos conhecidos como fantoches. Esse tipo de espetáculo é tradicional no Nordeste, especialmente em Pernambuco.

Iniciamos os trabalhos colocando jornal e uma mistura de água e cola por cima da bexiga, para que fique bem firme, devemos fazer pelo menos umas três camadas de jornal. Espere secar bem e fure a bexiga. Para ligar a cabeça ao restante do corpo, utilizamos rolinho de papel higiênico. Depois colorimos, completamos o rosto e colocamos um tecido para fazer a roupa.


 Usamos lã para fazer o cabelo e enfeitamos a boneca com uma flor no cabelo.



A turma apresentou a música "A flor do Mamulengo" de Bia Bedran e ficou lindo!

Espero que vocês tenham gostado"!




16 de setembro de 2013

Mais professores!?

imagem daqui

Vejam o que saiu nos jornais:



"O Ministério da Educação (MEC) quer levar professores a escolas onde faltam docentes em ação semelhante ao Mais Médicos. O Mais Professores faz parte do Compromisso Nacional pelo Ensino Médio, apresentado no dia 21 de setembro pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, na Câmara dos Deputados. A criação do programa já havia sido comentada antes pelo ministro, mas é a primeira vez que é apresentado em detalhes.

Segundo Mercadante, o compromisso ainda está em fase de desenvolvimento e depende do Orçamento disponível. Entre as ações do programa, está a proposta de levar professores a escolas de municípios com índices de desenvolvimento humano baixos ou muito baixos e que tenham um baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) - índice calculado a partir do fluxo escolar e o desempenhos dos estudantes em avaliações nacionais.



A intenção é que, mediante o pagamento de uma bolsa, professores se disponham a reforçar o quadro dessas escolas. Para as escolas com baixo rendimento, a pasta quer atrair bons professores para melhorar o ambiente acadêmico. Caso não haja professores disponíveis na rede, o MEC cogita a participação de professores aposentados que queiram voltar às salas de aula."


E você professor, o que pensa sobre este assunto?

Leia mais Aqui /  aqui e aqui


**Post também publicado no blogue Educar para Transformar

15 de setembro de 2013

Plantando flores na educação infantil

Plantando flores na educação infantil

(Anne Lieri)


Imagem daqui

Como estamos próximos á primavera minha sugestão para esse bimestre é trabalhar com flores e plantas.

As floreiras e vasos em garrafas pet fornecem um material acessível a todas as crianças e o projeto pode ser adaptado para as séries iniciais.

Geralmente as salas são numerosas e se a professora tiver ajuda de uma estagiária, mãe de aluno ou funcionária da escola seria bom.

Peça para cada criança trazer de casa a garrafa pet lavada e sem rótulo.

Depois que a garrafa estiver preparada para o plantio, planeje um dia em que as crianças irão pintar da maneira que desejarem, decorando seu vasinho. Se não tiver tinta plástica ou acrílica, misture guache com cola que o efeito é o mesmo.

Sugiro o plantio de cactos, violetas,rosa de pedra, ou sementes de girassol facilmente encontrados em supermercados, floriculturas  e se adaptam bem em vasos pequenos.

Veja o passo a passo nesse vídeo que garimpei no Youtube.

Procurei um vídeo simples, curto e que mostrasse o fundamental com relação ao corte da garrafa com estilete ou tesoura (feito pela professora, auxiliar ou pais) e o básico do plantio.

Podem aproveitar essa ideia e adaptar á realidade de seus alunos, inclusive em séries mais avançadas.

Depois é só aproveitar o cuidado diário com as flores e interdisciplinar o conhecimento.

Boa primavera!





14 de setembro de 2013

Reciclando, Brincando e Aprendendo

Olá leitores,

Outubro está chegando, e é comemorado o Dia das Crianças. E nós educadores já ficamos bolando os presentes que vamos dar as nossas criançadas.
E nada melhor do que eles mesmo confeccionar seus brinquedos.
Deixo aqui aqui algumas dicas que pesquisei na net e podemos trabalhar com eles.

Fonte Coletivo Verde

A vaquinha feita com caixa de leite.


Fonte Daqui Dali

É um fantoche feito de pregador de roupa.
Nesse caso o tubarão. Você pode criar qualquer cousa, basta papel e material para colorir.
Fonte Coletivo Verde

Uma linda centopeia feita de caixa de ovos.


Carro de bombeiros, As rodas são feitas com tampinhas de pet, a escada foi usada a parte interna da caixa de leite. E para os bonequinhos bombeiros e a parte da frente usa a outra metade da caixa de ovos.


 Cofrinho de porquinho, feito com a mini garrafas pet, o pezinho pode ser feito com tampinha de creme dental ou botões.
Para as orelhinhas basta desenhá-las num papel mais duro e colar. Depois é só fazer o furo em cima para as moedas.
Um avião feito de pregador de roupa e palitos de picolé.

fun-bottled-310x282

Garrafinha Sensorial.
Você coloca o que quizer dentro.
Feitas de Garrafa Pet pequenas.



12 de setembro de 2013

Nossa sala de aula


A turminha EI30 do EDI Tania Lenz recriou a sua sala de aula num cartaz.



Veja:

Baseado na disposição do mobiliário, dos murais, dos brinquedos, das janelas e das mochilas as crianças recriaram a sala de aula neste cartaz. Elas adoraram fazer este trabalho que fizemos em homenagem ao dia da escola, dia 15 de março.

As janelas da nossa sala:


E elas recriadas no cartaz, junto com os ventiladores e trabalhinhos:


A parede da nossa sala de aula:


Recriando no cartaz:


As crianças montando o cartaz:


E o resultado foi:


Professora Alessandra Santos
Agradecimento especial Tia Bianca




Postagem enviada por Alessandra.
Alessandra é  professora, historiadora e jornalista.
http://blogdaprofessoraale.blogspot.com.br/


..............................................................................................................
Quer participar do  blog Educação em Foco?
Nos envie uma postagem!
Coloque seu conhecimento na Rede!
Divulgue seu trabalho!