5 de novembro de 2013

Recreio iuppppppppp

imagem do google

HORA DO RECREIO

Trabalho em uma escola pública do estado de São Paulo e este ano resolvemos transformar os intervalos dos lanches em momentos interativos, oferecendo jogos, revistinhas, música, mural para recadinhos, etc. a fim de evitar as constantes brigas, crianças machucadas por correr demais ou discussões por motivos relevantes para as crianças, por exemplo, uma partida de bolinha de gude ou bater figurinhas.

Além disso também promovemos a melhor fila do intervalo, sendo ao final do bimestre premiada a classe que melhor se organizou e não "empurrou ou brigou" durante o mesmo. 

Combinei com minha classe reuniões semanais sobre o assunto, em que as próprias crianças deveriam refletir sobre o que faziam no intervalo e de que forma torná-lo melhor para todos. 

Incrivelmente assistir a essas reuniões (era não participava ativamente, mas apenas como ouvinte ou mediador) me fez perceber que as crianças tem consciência de que há muitos desentendimentos no intervalo e de que há formas de resolvê-los. (meus alunos estão no terceiro ano - 8/9 anos)

Leia abaixo um trecho da reunião dos alunos: 

REUNIÃO DOS ALUNOS
Sexta feira, 27/09/2013,
20 minutos antes do recreio

Os alunos do 3º. Ano C estavam muito chateados, pois não ganhavam mais a competição de MELHOR FILA DO RECREIO. Então pediram a professora um espaço na aula para conversar sobre o assunto. A professora determinou que ficaria de fora da conversa, já que o problema era o recreio. Leia trechos da conversa dos alunos:
Ramon: _ Regras para a reunião: “Todos que quiserem falar devem levantar a mão e não devemos criticar, mas dar ideias.”
Vitória: _ Que tal se nós descêssemos e logo depois de comer fossemos ao banheiro. Assim na hora do sinal ninguém ficaria fora da fila.
Ramon: _ Isso é bom, mas não dá certo, já que depois de correr da vontade de ir ao banheiro.
Gustavo: _ E se a gente não correr?
Ramom: _ Mas a gente quer brincar. Alguém tem outra ideia.
Isaque _ Marina você tem relógio pode avisar as crianças para ir ao banheiro antes do sinal.
Marina: _ Eu posso, mas também quero brincar.
Vitória: _ Uma turma fica perto da fila para dar sinal para as crianças e outra brinca depois troca.
Ramon: Então durante o recreio podemos nos organizar e não correr tanto e na hora da fila cada um cuida de si para o grupo ficar em ordem.
.........
ELES GANHARAM A FILA MAIS BONITA DO DIA E JÁ PEDIRAM OUTRA REUNIÃO PARA FALAR SOBRE CORRERIA NO RECREIO. 

As crianças tem plena capacidade de mudar suas ações e preciso dar espaço e ensiná-los a articular suas ideias dando espaço para o grupo se manifestar e respeitando as opiniões tentando encontrar um meio de agradar a todos. A escola tem três intervalos divididos em alunos do 1o. e 2o. anos, 3o. anos e outro só dos 4o e 5o.   anos. De acordo com os funcionários o melhor intervalo agora é da turma do 3o. ano, pois após as reuniões as crianças começaram a se articular também e as brigas diminuíram muito.

Para o próximo ano contaremos com uma pracinha para leitura a sombra de árvores frutíferas e um mural para desenho (parede com azulejo próprio para pintura) ambos já em obras. 

Se você tem alguma sugestão de recreio interativo ou de articulações assim nos envie e vamos tornar viral.

Beijocas
Cris Chabes



6 comentários:

Jamilly MãedoLucas disse...

Que ideias legais hein. Parabéns pelos alunos.

beijos

Sotnas disse...

Olá Cris, e que tudo esteja bem!

Pois é, as grandes ideias sempre nascem da simplicidade pensada com liberdade, e jamais por obrigatoriedade!

Belas atitudes assim deveriam se tornar habituais, mas, algumas pessoas insistem em aparecer mais que sua obra!
Gostei deste belo espaço, pois como brasileiro me preocupa o nível educacional desta nossa pátria!
E assim apos cá estar e ler este belo escrito, eu me vou deixando meu desejo para que seja sempre assim deveras feliz o t eu viver, grande abraço e, até mais!

Claudio Chamun disse...

Que interessante.
Este Ramon é um líder nato.
Impressionante como as crianças de hoje são inteligente.
Não que não fossemos, mas elas está muito mais espertas.

Histórias, estórias e outras polêmicas

Anne Lieri disse...

Cris,eu adorei essa ideia e é a melhor forma de colocar regras na hora do recreio,com as próprias crianças participando. bjs,

Pati Alves disse...

Genial!!

Toninha Borges disse...

Que legal.
Vou aderir sua ideia.
bju