28 de outubro de 2013

O desafio é Conviver



Esta semana chegou em minha casa mais uma edicão da Revista Vida Simples. Sempre fico feliz quando ela chega, pois me traz muitas coisas boas pra vida. 

Pois bem, ela chegou e como não podia deixar de ser... Me alegrou! O tema que prendeu meus olhos foi Cortesia, 2ª da série de 12 virtudes tratadas pela revista.

Logo pelo início do texto me deparei com o seguinte trecho:

Dizer um simples "bom dia" é uma pequena constatação 
de que todo indivíduo é centro de um valor essencial. 
Cada gesto é um signo e por traz dele, 
há um vasto universo de filosofia.

José francisco Botelho - O editor do artigo


Em seguida sou levada a pensar sobre a história de um fidalgo - Pável Piétróvich Kirsánov - que vivia em um lugar isolado longe de todos os movimentos da sociedade de Moscou, mas mesmo assim fazia a barba todos os dias e criteriosamente escolhia sua roupa... E lá pelas tantas quando recebe visita de um parente distante e é interpelado pelo tal sobre suas atitudes estremosas de arrumação responde:

"Sei perfeitamente que o senhor julga ridículos 
meus hábitos e minha decência. 
mas tudo isso vem do respeito próprio. 
Vivo no campo, no meio do nada, sim, 
mas respeito em mim mesmo um ser humano"

O artigo segue em frente cheio de boas considerações. Mas eu fico por aqui. E chamo vocês a pensarem comigo sobre a importância que temos dado aos seres humanos que somos. E mais, sobre a importância que damos àqueles seres humanos que vivem conosco a vida. 

Às vezes parece-me que estamos entrando em um individualismo sem fim. Um buraco onde só temos espelhos foscos que nos impedem de enxergar nossas próprias imagens e por consequência as dos outros.... Será mesmo que precisamos viver neste sofrimento?

Em que nível de cortesia estamos vivendo em nossas escolas, com nossos alunos e companheiros de trabalho. Estamos respeitando os Seres Humanos como queríamos ser respeitados? 


Espero que tenham uma boa semana!
E que estas reflexões se estendam pela vida de quem as lê.



3 comentários:

Desirée Tapajós disse...

Vanessa realmente cortesia é um algo em falta nos dias de hoje, realmente temos que trabalhar isso em todos mas principalmente nas nossas crianças.

Tri-beijos Desirée
http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

Cris Chabes disse...

Vanessa, em muitos locais de trabalho ou mesmo quando andamos de elevador com nosso vizinho, um simples oi , parece coisa de outro mundo. Mas afinal que custa um sorriso e um bom dia? Na escola há uma professora que sempre chegava mal humorada. E nunca dizia bom dia. Eu deixei de cumprimenta-la e nos paramos de conversar. Esse ano somos parceiras de turma. No início do ano foi difícil ter que encontrá-la nas reuniões de equipe, mas com o tempo passei a ver as qualidades dela e a brincar e sorrir mais. Hoje temos um relacionamento de respeito mutuo. Não somos amigas, mas com certeza trabalharia com ela novamente. Dizer um OI pode mudar o mundo. Se vier acompanhado de um sorriso então, ....nem se fala.
Beijocas
Cris Chabes

Toninha Borges disse...

A cortesia está escassa minha colega.
E quando encontramos até nós assustamos.
É uma pena.
Bju