8 de junho de 2013

Violência nas escolas

A violência nas escolas tem preocupado muito o poder público e de uma maneira geral a sociedade também.

Que a educação começa em casa, isso é fato, porém muitos pais ou responsáveis pelo menor tem relaxado com respeito a isso. Também vejo que o menor não pode ir pra cadeia, mas vejo menor matando, portando arma branca e de fogo, usando drogas. A violência não está somente nas escolas, mas em todo o lugar. Se o diretor pensa diferente é caçado pelo seu supervisor ou pelo dirigente regional de ensino e assim sucessivamente. O professor então, pode até dar uma boa aula e mesmo assim ele é admoestado não somente pelo aluno, mas também pelo diretor ou quem achar de direito.

Sabemos que a escola é o primeiro lugar de socialização que a criança experimenta, claro que não podemos esquecer da socialização primária que se restringe a família, igreja e vizinhança, onde o círculo é bastante restrito. É na escola que realmente a processo de socialização onde a criança terá que conviver com as diferenças. Por isso, que se tornou essencial e muitos não percebem isso, é tratar a violência nas escolas com lucidez. É preciso dialogar e propor um novo projeto de sociedade no qual o bem de todos realmente esteja em vista.




7 comentários:

Augusto Sperchi disse...

Olá Toninha! Seu post é um alerta, mas cada vez mais a sociedade tem delegado à escola a função de educar seus filhos. Essa transferência de responsabilidade resulta num aumento de funções para o professor que, hoje, se encontra na frente de batalha entre a escola e a sociedade. Estamos vivendo a banalização da violência porque a sociedade tem perdido seus valores a olhos vistos. Nossos alunos não querem aprender e, em breve, essa gente sem noção, alienada, sem conhecimento, estará dirigindo essa nação. Não quero estar vivo para presenciar o fim do poço!
Mesmo que haja esperança e que tudo possa se reverter, o Governo pouco está interessado nisso, pois uma gente burra sempre é melhor para ele pois ela também vota, não é?
Um abraço e tenha bons dias!

Gracita disse...

Olá Toninha!
A Violência nas escolas é cada vez mais preocupante. A situação está ficando insustentável. Gostei de ler seu alerta. Precisamos nos mobilizar para conseguirmos colocar um basta nesta violência que tanto nos preocupa mas esse é um papel que não cabe unicamente à escola. A família tem a sua parcela de responsabilidade nestas atitudes comportamentais e ela está cada vez mais omissa na educação dos seus rebentos. Parabéns pelo excelente post! Hoje venho te convidar para a nossa festa de comemoração. E ela está acontecendo porque você sempre se fez presente no meu espaço levando o seu imenso carinho. Deixo meu sincero agradecimento e te espero para mais esta singela celebração.
Beijos com meu eterno carinho
Da amiga de sempre
Gracita

christina fatima disse...

Ola bom dia passando para conhecer vc, sou da agenda dos blogs e estou aqui para fazer uma visita te conhecer e te seguir, gostei muito de tudo por aqui. Venha me fazer uma visita , fico aqui no seu aguardo ,http://culinariachrisgipebube.blogspot.com.br/
grata
christina

Rachel Malheiros disse...

Obrigado pela visita!

:)
http://rachelmalheiros.blogspot.com.br

Vanessa Gonçalves Vieira disse...

Muito boa sua colocação Toninha. Creio que a falta de respeito tem tomado proporções muito grandes em nosso tempo. E se continuarmos com essa ideia de que as crianças deste tempo são assim mesmo, pouquíssimo poderemos fazer por elas e pelas outras que viram a existir.

Adorei seu post.
Abraço grande!

Anne Lieri disse...

Um cenário triste e preocupante,Toninha!Apesar de considerar que em casa deve haver essa educação, a situação anda tão caótica que um diálogo sobre o assunto deve ser incentivado em todas as escolas.bjs,

Genis Borges disse...

A violência tem aumentado a cada dia e isso e preocupante e assustador...