2 de junho de 2013

É hora da quadrilha!

É hora da quadrilha
(Anne Lieri)



 Imagem .daqui.


Está chegando o mês de junho e as professoras já começam a se preocupar com o ensaio da dança da Festa Junina.

São reuniões intermináveis para decidir como será a festa, quem vai fazer o que e lógico, a dança é o ponto alto.

Os pais querem ver seus filhos dançarem, tirar fotos e aproveitar as brincadeiras em família. 

Temos que caprichar, mas sem massacrar as crianças com ensaios intermináveis.

Cabe à professora escolher a música e inventar uma coreografia.

Passos simples, canções que todos saibam cantar e que seja prazerosa, uma brincadeira para as crianças e, nunca uma tarefa pesada.

Sugiro aproveitar essa época para trabalhar as diversas modalidades de dança nas regiões do Brasil.

É um tema rico e que pode acrescentar bastante à cultura dos alunos.

Fujam das canções sertanejas da moda, mesmo que a tentação seja grande.

Procurem algo diferente e característico de nosso país.

Temos grande variedade de ritmos: fandango, dança das fitas (Sul); quadrilha (Sudeste); forró, baião e xaxado (Nordeste); ciranda, carimbó (Norte); rasqueado, cururu (Centro oeste).

E lembrem-se: não esquentem se a criançada se confundir com algum passo, os pais acham engraçadinho quando eles se atrapalham, não é verdade?

E boa festança pra todos!


12 comentários:

✿ chica disse...

Que legal essas festinhas e tens razão: as atrapalhadinhas , passos errados, enfeitam ainda mais! beijos,tudo de bom,chica

Elaine Cristina Serrano Pirolo disse...

Lembrei da minha infância, Anne, e quanto eu detestava dançar, por ser muito tímida, era difícil me convencer. Eu só gostava do chapéu com as trancinhas, era a única coisa que me fazia ir. Só por curiosidade: como vocês trabalham isso com os pequenos que, assim como eu, são muito tímidos para dançar?

Beijocas!

Renata Diniz disse...

Anne. Já vi algumas quadrilhas que mais pareciam funk. O seu texto é um ótimo alerta até para nós, pais, opinarmos na hora das reuniões. Gostei muito. Beijo!

Paty Michele disse...

Eu gosto de ensaiar o "casamento na roça", pois sempre rende boas risadas.
Ótimas dicas, Anne.

beijos.

Anne Lieri disse...

Oi Elaine!A timidez existe mesmo e todo ano tem alguns alunos tímidos,uns mais e outros menos.Eu nunca forço a dançar, deixo claro que a dança é livre,porque não acho legal a criança dançar sem gostar.Se os pais insistem muito eu explico que é melhor não pressionar e já tive casos da criança até querer dançar no dia.Talvez tenha outro método mais eficaz,mas eu não sei como fazer porque timidez não se tira da noite pro dia,é o jeito da criança.Espero ter respondido sua pergunta.bjs,

Anne Lieri disse...

A melhor parte é quando se atrapalham...rss...obrigada Chica pela presença constante!bjs,

Anne Lieri disse...

Renata e Paty, obrigada por seus comentários e tb adoro o casamento na roça!...rss...bjs,

Elaine Cristina Serrano Pirolo disse...

Respondeu sim, Anne, obrigada!

Beijo!

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Anne
Saudade dos velhos tempos de criatividade nessa área... boas recordações me vêm à mente com o seu post!!!
Bjm de paz e bem

Vanessa Gonçalves Vieira disse...

Muito boa sua sugestão Anne!
Inovar é a palavra de ordem nestes tempos!

Beijocas!

Genis Borges disse...

Eu adoro essa época e essas festas!!
Vamos resgatar nossa festa popular, com qualidade!!
Bjus

Toninha Borges disse...

Adoro época de festa na escola. Me divirto mais que as crianças.
Bju