21 de março de 2013

"Fala Multiplicador" entrevista Genis


Olá amigos, sou Irivan, idealizador do Educadores Multiplicadores. Hoje,  estamos dando início a um novo quadro naquele espaço. Estamos nos referindo ao “Fala Multiplicador”, onde um Educador Multiplicador é convidado a participar de uma entrevista. Essa interação nos oportuniza conhecer e aproximar, cada vez mais, os Multiplicadores parceiros.
O entrevistado de hoje é a nossa amiga Genis do blog Educação em Foco. Lembrando que tem mais entrevistados no Educadores Multiplicadores, confira!
Vamos à entrevista, aproveite!
E.M. Fale um pouco de você. Quem é Genis?
Cristã, mãe, esposa, blogueira, professora, 36 anos. Sou uma mulher sonhadora, otimista, apaixonada pela vida e muito feliz. Adoro batata frita, chocolate, sorvete, sorriso de criança, conversa sem compromisso e passear em família.
E.M. Você atua como professora? Conte-nos um pouco do que faz como profissional.
Sou professora há mais de 18 anos e atualmente ministro aulas de inglês em duas escolas particulares para a Educação Infantil e Ensino Fundamental 1ª e 2ª etapas.
E.M. Sabemos que a tecnologia é aliada da Educação. Nos últimos anos, temos visto que alguns estados/cidades estão distribuindo tabletes para alunos/professores e equipando as escolas com sala de informática com acesso a internet. Você acha que os alunos e professores estão preparados para tirar proveito destas ferramentas?
O treinamento para estes profissionais e a conscientização dos alunos para  uso dessas ferramentas tecnológicas para agregar o conhecimento tem crescido cada dia mais. Na escola onde trabalho, por exemplo, temos treinamento e em cada sala de aula tem uma lousa digital, computador, acesso à Internet e equipamento de som. Os alunos já compreendem a importância dessas ferramentas nas aulas e eu estou muito otimista em relação à tecnologia, pois as aulas se tornam mais atraentes e produtivas. Devemos estar à frente do nosso tempo.
E.M. Se você não fosse Professora/Educadora, que outra profissão você exerceria?
Não consigo me imaginar em outra profissão.
E.M. Você acha que os profissionais da educação são bem visto pela sociedade? A Sociedade sabe e reconhece o papel desses profissionais?
As pessoas sabem a importância dos profissionais da educação, mas não valorizam. A pior situação é atribuírem quase que 100% a educação das crianças e adolescentes aos professores. A família principalmente, pensa que a educação de seus filhos é responsabilidade da escola.
E.M. Você acha que o Professor tem sua parcela de culpa em deixar ou permitir que a sociedade não o valorize?
Não tem como generalizar, mas o que tenho visto são professores se 'igualando' aos alunos, perdendo controle em sala de aula e dando motivos pra serem mal falados, causando ainda mais uma desvalorização à sua imagem.
E.M. Os governos sabem o deve ser feito para melhor a educação no País: Valorizar os profissionais da educação, oferecer os recursos disponíveis e assistência pedagógica para um bom aprendizado. Em sua opinião, por que eles não fazem?
Permitindo que o povo tenha acesso à educação de qualidade, acabarão com os 'fantoches'. Quanto mais informação, menos pessoas ignorantes existirão e isso não interessa aos políticos.
E.M. “Comenta-se que, os professores não comungam das mesmas opiniões, principalmente, quando é para fazer greve e paralisações, disseminando a ideia de que a classe de professores é desunida”. O que você pensa a respeito?
Eu sempre escutei falar de que os professores não eram unidos e hoje fazendo parte dessa família, vejo que realmente isto acontece. Além da desunião, há também a falta de ética. Precisamos nos unir mais para conseguirmos uma melhoria em todos os aspectos.
E.M. Como você gostaria que fosse o ambiente escolar, especialmente, a sala de aula? O que ela, sala de aula, deveria ter para que o trabalho (de educar) fosse melhor aproveitado?
Como professora de inglês, eu sonho ainda em ter minha própria sala de aula com um ambiente voltado para a língua estrangeira.

E.M. Em sua opinião, qual a razão para tanta violência na escola? Qual o real motivo (sua opinião) para com o desrespeito enfrentado pelos professores durante as aulas?
 A família está muito ausente e os valores estão se perdendo a cada dia.
E.M. Algumas escolas estão sem segurança e sem liberdade de “punir” o aluno quando necessário, de maneira rígida, porém educativa. O que você pensa sobre o projeto de lei que puni o aluno quando agredir o professor/educador? 
É necessário sim ter uma lei de punição para resguardar o professor, mas mais importante do que isso é um tratamento do caráter do aluno.
 
E.M. O que a motivou a criar um blogue? Qual a finalidade dele?
Compartilhar meus projetos, ajudar como fonte de pesquisa e contribuir para uma educação de qualidade.

E.M. O que você mais gosta na arte de blogar? Qual a parte mais difícil?
Conhecer novas pessoas nesse mundo tão grande que é a internet me fascina. Quando recebo um email de algum educador pedindo dicas ou agradecendo por uma informação, me deixa muito feliz. A parte mais difícil é ter tempo para poder conciliar família, trabalho e blog.
E.M. Seu blogue proporciona parcerias entre blogs, certo? Qual a forma de divulgação que mais gosta de usar para divulgar seu blogue?
Nossa página no facebook tem crescido muito e tem sido uma das maiores formas de divulgação. 
E.M. O que você acha das boas parcerias entre blogues?
Bons parceiros trazem crescimento e eu apoio a troca de links com blogs comprometidos com a educação.
E.M. Onde você busca inspiração para elaborar suas postagens? Que fontes você costuma pesquisar para embasar suas postagens?

Minhas postagens são baseadas nas minhas experiências em sala de aula.
E.M. Se você puder nos contar, quais são seus projetos profissionais para 2013?

Com a proposta de receber alunos com necessidades especiais em nossas escolas, farei uma nova pós graduação para atender melhor esses alunos.
E.M. Quais são os projetos para o seu blogue? Você tem outros blogues, quais?

Recebemos novas educadoras no blog que vieram somar com suas experiências profissionais. A cada dia temos procurado levar informação com qualidade, sempre preocupadas com a educação.
Meus outros blogs são: reciclandocomamamae.com e mamaesemrede.com.
E.M. Deixe dicas para os Multiplicadores de como um(a) blogueiro(a) deve fazer e do que não deve fazer para ter um bom blogue.

Primeiro de tudo: Diga não ao plágio! Crie suas próprias postagens com autenticidade.
Retribua as visitas deixando comentários e seguindo os blogs.
E.M. Deixe seus agradecimentos aos seus leitores e seguidores.

Obrigada ao Irivan que apoia o blog como parceiro e me presenteou com esta entrevista.
À todos os leitores que passam sempre por aqui levando consigo um pouquinho de informação educacional meu 'muito obrigado'. Sem vocês, esse blog não teria sentido.
Queremos agradecer a você, Multiplicadora Genis, pela entrevista. Dizer que você e as colaboradoras deste espaço, e também Multiplicadoras, têm dado uma enorme força e contribuição para o crescimento e divulgação do Educadores Multiplicadores.
Deixo também convites aos professores e profissionais da educação, que tenham blogues com conteúdos voltados para a educação, a fazerem parte da família Educadores Multiplicadores.
Muito obrigado a você e aos seus leitores.

26 comentários:

Prô Cris Chabes disse...

Olha que legal, a ideia de uma entrevista.
E vc que chique né!
Beijocas
Cris chabes

Renata Diniz disse...

Muito bacana a ideia da entrevista. E as respostas da Genis mostram bem o dilema da educação, mas com a esperança de que podemos fazer melhorias. Afinal, somos responsáveis pelas nossas escolhas. Meus parabéns pela entrevista. Beijo!

Desirée Tapajós disse...

Adorei a entrevista, gostaria muito que os professores fosse muito valorizados pelo nossos governantes e população em geral, pois acredito que só uma população com acesso a educação qualidade tem chance de crescer. Parabéns Genis pela entrevista e pela forma que vc ver a educação.

Tri-beijos Desirée
http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

Augusto Sperchi disse...

Oi Irivan! Bela iniciativa a sua de entrevistar os multiplicadores! Já conheço a Genis e sua turma
e sei que é uma pessoa esclarecida e ciente de suas funções como professora e profissional. Gostei de suas questões (pertinentes) e das respostas, que trazem verdades sobre a Educação na atualidade. Porém, se ela trabalha em escola particular, a realidade é bem diferente daquela das escolas estaduais ou municipais. Abraços e parabéns a ambos!

Genis Borges disse...

Muito bacana a proposta do Irivan, né Cris? Tb gostei muito de ter participado.
Grande abraço, Genis

Genis Borges disse...

Olá Renata, obrigada.
Essa foi a minha escolha e tenho me empenhado pra fazer cada dia melhor o meu trabalho.
Um grande beijo e obg por estar sempre por aqui.
Genis

Genis Borges disse...

Obrigada Desirée pelo comentário e é muito bom saber que vc também quer a valorização dos professores.
Grande abraço, Genis

Genis Borges disse...

Olá Augusto, eu sei que a minha realidade é diferente, pois trabalho em duas grandes escolas particulares de minha cidade, mas sou bem consciente quanto às melhorias na educação.
Respondi baseada nas minhas experiências diárias e creio que o Irivan abrindo espaço para outros educadores, teremos várias opiniões.
Abraços, Genis

Rosangela Vali disse...

Oi Genis!
Que bela oportunidade de estar conhecendo um pouco mais de você, blogueira,educadora e mãe pelo E.M.Sou sua admiradora.
Um abraço e até mais!
www.rosangelaprendizagem.blogspot.com
www.rosangelavalipsicopedagogia.blogspot.com

Genis Borges disse...

Obrigada Rosangela, seu comentário me deixou muito feliz.
Abraços, Genis

Toninha Ferreira disse...

Parabéns Genis pela entrevista e pela iniciativa do Irivan.
Um abraço Toninha.

Anne Lieri disse...

Puxa,que entrevista mais legal com a Genis!Eu adorei tudo o que vc disse e, se antes já a admirava como profissional,agora mais ainda!bjs,

Vanessa Gonçalves Vieira disse...

Amiga, nota mil para tuas respostas!
Que grande desafio este o de ser professor hein!!!

Você está de parabéns!
Beijocas!

Genis Borges disse...

Obrigada Toninha.
Abs, Genis

Genis Borges disse...

Ah, que maravilha!
A admiração é de ambas as partes, sabia?
Bj grande, Genis

Genis Borges disse...

É um desafio diário minha amiga, vc sabe bem disso.
Muito obg pelo carinho.
Bjus, Genis

Adelino Francklin disse...

Parabéns pela entrevista Genis! Adorei o seu blog!
Vamos fortalecer a categoria de professores no Brasil!
Adelino Francklin
www.klickhistoria.com.br
Um abraço!

Carina Fragozo disse...

Teacher Genis, congratulations for the interview!

Como teacher, eu tb tenho o sonho de que as escolas possuam salas específicas para o ensino de língua estrangeira, com TV, DVD, CD Player, estante com dicionários e livros, etc. Muito eu andei feito "burro de carga" na escola carregando meus materiais de sala em sala!

Beijos

Carina (English in Brazil: teachercarinafragozo.blogspot.com)

Vanessa Gonçalves Vieira disse...

Sei sim!!!

Beijos grande pra ti

Odete disse...

Olá Professora Genis Borges e Professor Irivan!

Parabéns Irivan pela iniciativa do Fala Multiplicador e parabéns a Genis pelo Blog "Educação em Foco" e pelas respostas objetivas. Divulgar a Educação é fundamental e dar oportunidade para o professor(a) expressar seu modo de agir e pensar contribuir para o fortalecimento da classe.

Um grande abraço
Multiplicadora Maria Odete A Pinho
www.ajoambiental.com

Genis Borges disse...

Obrigada Adelino e volte sempre!
Grande abraço, Genis

Genis Borges disse...

Eu tb carrego muito material de uma turma pra outra e de uma escola pra outra. Quando não tinha carro, isso era muito mais complicado ainda!
Obg pela visita e comentário.
Abs, Genis

Genis Borges disse...

Obg Odete, liberdade de expressão é o que queremos.
Grande abraço, Genis

Ant P disse...

Olá, Génis!
Parabéns pela excelente entrevista! Gostei muito!
Abraço.
http://portuguesemforma.blogspot.com

Genis Borges disse...

Obrigada querido.a
Volte sempre.

jose carlos santos farias disse...

Excelente as respostas da entrevistada!!! A interação entre educação e as mídias são uma ferramenta interessante na motivação de nossos alunos. E podemos conhecer um pouco mais das pessoas que fazem a diferença na educação desse país.