11 de março de 2013

Educação, dever de quem?


Olá pessoal, 


Vi a imagem abaixo lá no Facebook e fiquei muito intrigada. O assunto de que trata é recorrente, mas nunca, e nunca mesmo é tarde para relembrar os fatos afinal, nossas crianças são a educação que damos para elas. 

Há casos em que há educação e falta carácter, concordo! Mas na maior parte das vezes, nós adultos, cansados, desanimados e, portanto, desatentos deixamos as águas passarem sem percepção por debaixo de nossas pontes. 

Google - Pagina Diário de Classe

Nossos filhos devem ser nossa maior preocupação, por isso trabalhamos tanto. Não é verdade? Fixamos em nossas mentes que temos que sustentar que nada há de faltar... E no final das contas deixamos faltar o principal que é a orientação para a vida. 

E o que o muitos de não não sabe é que isso vira uma bola de neve. Os filhos chegam à escola assim, sem orientações e os professores, que deveriam dar sequencia à uma educação cuidando das aprendizagens cognitivas e socioafetivas dos alunos para que vivam e modifiquem a sociedade onde estão inseridos, passam a ter também que fazer o papel dos responsáveis. 

E aí geram-se as dificuldades de aprendizagens emocionais, às vezes intelectuais e por ai se vai. Os professores, de fato não darão conta, os pais reclamarão, pois muitos ainda não se deram conta da real situação, as secretarias se apavoram com os resultados, os pesquisadores contestam e os alunos... 

Ora, os alunos quando não tem força para sustentar toda essa pressão desviam-se e vão viver a vida à seus modos. Isso entristece, dá nó no estômago, gera raiva. Há tanta gente falando sobre esse assunto, há tanto e tanto e tanto e ainda não nos mexemos de nossas cadeiras. É por isso que trago aqui essa reflexão. E vou trazer mais e mais vezes, quantas forem preciso. O final da história somos nós que fazemos então creio que ainda dá tempo. 

Pense nisso e pense sobre o que você tem feito para mudar essa história!

Boa semana a todos
Vanessa Vieira


4 comentários:

Anne Lieri disse...

Vanessa,um texto excelente!A educação deve vir da familia,mas as familias estão cada vez menos estruturadas.Sobra pra escola o papel de formar e educar,o que complica a tarefa do professor!Esclarecer,orientar os pais cada vez mais é uma maneira de formar parcerias e melhorar a situação que está crítica,com certeza!bjs,

Genis Borges disse...

Oi Vanessa, que bela reflexão e tô torcendo pra milhares de pais lerem isso...rsrs a começar de mim!
Está faltando a família tomar para si a responsabilidade que é dela, com certeza!
Grande abraço e

Toninha Ferreira disse...

Sempre estamos falando nisso de quem é a responsabilidade de educar? Acredito que é um conjunto, uma responsabilidade social. Há algum tempo, a educação deixou de ter caráter unicamente pedagógico e teórico. Algumas instituições de ensino buscam transmitir valores sociais e transformar as pessoas em cidadãos conscientes e éticos. Não basta criar profissionais, o importante é dar base para que cada um se torne uma pessoa de bem.
Bju Toninha

Rô Silva disse...

Suas publicações são de grande ajuda pra todos nós pais e pra toda sociedade em geral, obrigada por nos ajudar...