21 de setembro de 2012

Lixão de Casa

Li um artigo muito interessante na revista Profissão Mestre sobre a Lição de casa e gostaria de compartilhar com vocês parte da matéria direcionando o link para leitura completa do texto.



Muitos alunos levam para casa, diariamente, “lixão“ de casa: atividades enfadonhas que geram tédio e secreta revolta.

Uma “lixão” de casa não ensina nossos alunos a amarem o estudo, a aprenderem a trabalhar. Trabalho inteligente supõe pesquisa, pensamento e criatividade. E em muitas ocasiões, a “lixão” de casa promove o preenchimento automático, a repetição impensada, a cópia servil.

A “lixão” de casa nada tem a ver com reciclagem, que seria, pelo menos, uma chance de transformar.

Quando exigimos “lixão” de casa, queremos controlar, fazer dos alunos coletores de informações dispersas, de papéis soltos no chão, de farrapos, de restos e sobras.


Na “lixão” de casa, o aluno aprende o complexo de vira-lata: a fome insatisfeita, a ausência de rumo.

Alunos que levam “lixão” de casa para casa acabam, com o tempo, lixando-se para o estudo.

“Lixão” de casa não permite aos alunos que abram a mente, que levantem voo, que se sintam na casa da sabedoria.

A cada velha “lixão” de casa mais portas se fecham, mais se amontoam na cabeça do estudante o entulho, o monturo, o lixoso, o rebotalho, o bandalho, o dejeto.

É evidente a ausência de projeto. A ausência de plano, de assunto, de clareza, de beleza, de sutileza. Ausência de paixão e reflexão, de entusiasmo. Ausência de clarividência.

Para nos livrarmos da “lixão de casa”, precisaremos mudar nosso método de ensinar. Em lugar de ensinar, insinuar... Em lugar de cobrar... inspirar. Em lugar de chafurdar... iluminar.

Abraços
Cris Chabes

3 comentários:

Rose Craveiro disse...

Boa tarde Genis tudo bem? vim retribuir sua visita, amei seu blog tb..admiro muito a sua profissão viu..aproveitando consegui postar uma atividade sobre Tosse, qdo der um tempinho dá uma olhadinha lá. Bjs fica com Deus e parabéns!!

www.rosecraveiro.blogspot.com
ATIVIDADES BÁSICAS PARA EDUCAÇÃO EM SAÚDE

Rosangela Vali disse...

Olá...muito rico e reflexivo este artigo.
Sempre me questiono e autoavalio nas questões pedagógicas e esta é uma delas.
Lição ou lixão?
Pensar..repensar...refazer...fazer e acontecer com inovação.Vamos lá...temos que melhorar a qualidade de nossa educação.
Abraços e tudo de bom!

Vanessa Gonçalves Vieira disse...

Olá Cris. Que bela reflexão essa que você nos traz. Atividade por atividade não é bom em momento nenhum. Enviar atividades para casa sem objetivo e sem retorno para os próprios alunos é um crueldade creio eu. Um área bem interessante essa!!! Um beijo grande!