11 de março de 2012

Será que podemos ser professores?

Olá pessoal. 

Hoje compartilho com vocês um vídeo um tanto quanto intrigante, mas que nos leva a reflexões bastante interessantes.

Primeiro vamos assisti-lo. São poucos minutos e creio que vocês não irão se arrepender.



Bom, confesso que dá um pouco de indignação sim, afinal não podemos resumir educação à internet, principalmente se esta internet for o Facebook, o twitter e tantas outras redes que encontramos por ai.
Mas também confesso que não dá para desvalorizar o fato de que nossos alunos não chegam mais à escola desprovidos de questionamentos sólidos. Ou melhor. Eles não chegam mais às escolas prontos para abaixar a cabeça e ouvir em silêncio tudo aquilo que queremos dizer...
Gostei da pergunta do Garoto. -Você vai ser minha professora??? E digo que gostei porque ele me levou a refletir sobre o que EU tenho  para oferecer aos meus alunos. 
Esta é uma pergunta desafiadora sim, e é deste jeito que eles estão chegando em nossas salas de aulas. O Que faremos pois? Não responderemos às perguntas? Fingiremos que não ouvimos? Ficaremos indignados? 

Eu, prefiro refletir sobre o que eu tenho a oferecer a esta criança. 


Estamos ouvindo dizer por ai que nossos alunos não são os mesmos de antigamente. Claro que não, até porque os de antigamente já cresceram! Mas claro que não, também porque estes que cresceram trouxeram um tempo diferente. E se mudanças ocorreram de lá pra cá, mudanças precisam ocorrer daqui pra lá. Porque de outra forma o destino é fadado ao fracasso. Isto é um fato. Se não andamos junto com a carruagem dificilmente chegaremos ao nosso destino. 


O fato é que nós , enquanto professores, por escolha, deixemos isso bem claro, devemos andar junto com a carruagem e ainda analisar como ajudaremos os outros a andarem nesta carruagem de forma mais segura e produtiva.Ai vocês me perguntam... 
-Mas isso é impossível, como vou ensinar uma coisa que não domino? 
Eu respondo: - Estudando... 
E coloco esta imagem
para que esteja claro que  estudar
 deve ser algo prazeroso.
Se não aprendemos ainda, tenho certeza que outras pessoas já aprenderam e foi somente porque elas aprenderam que a necessidade deste aprendizado se criou.





Uma vez ouvi dizer que os Professores são agentes de transformação. Concordo, mas para sermos agentes de transformação temos que enfrentar de cabeças erguidas os nossos não saberes e mais, deixar de lado o repúdio aos conhecimentos diferentes que surgem ao nosso redor.

Confesso a vocês que ficaria aqui escrevendo sobre este assunto até se esgotarem  minhas palavras. Mas vou terminar por aqui. Porque lembrei-me que professor precisa ser pesquisador... E isto resume todas as trocentas palavras que eu ficaria escrevendo aqui. 

Não tenho medo de dizer que ainda enfrentamos tantos problemas em nossa educação porque para muitos professores faltou a educação para a pesquisa. E não jogo a culpa para eles não. Temos ai um circulo vicioso que nos impede de chegar à culpados... Mas não são os culpados que me interessam.... O que me interessa de fato é saber o que faremos com o conhecimento que agora adquirimos.



Sabemos que pesquisa faz falta para ser um bom educador. O que faremos com isso?

*continuaremos apenas sabendo que pesquisar é importante?
* Tentaremos achar os culpados pela falta de pesquisa?
* compartilharemos por ai que pesquisa é o problema da educação....?

Bacana, mas o que eu tenho a ver com isso? Como posso mudar esta situação??? 

Este é o verdadeiro papel de um educador. E é exatamente isto que aquele menino quis nos dizer naquele vídeo. 


O problema está posto. E por mais que pesquisadores se desdobrem sobre o assunto, você, eu, e qualquer pessoa deste mundo só conseguirá resolvê-lo se em algum momento se permitir pesquisar sobre.


SEJA AGENTE DE TRANSFORMAÇÃO, NÃO CONDENE O MENINO OU A  PESSOA QUE O COLOCOU NO VÍDEO, PERGUNTE-SE O QUE VOCÊ  PODE TIRAR DE LIÇÃO DESTA SITUAÇÃO. NÃO CONCORDE COMIGO, REFLITA SOBRE O QUE EU DISSE E CRIE SUAS VERDADES. 

Beijos e boa semana a todos! 

Genis muito obrigada pela indicação do vídeo, 
e por ter me incumbido de trazê-lo aqui! 
Abraços


x_3c1cc2a1

5 comentários:

Vanessa Vieira disse...

Olá pessoal, desculpem ter postado só agora. Eu havia programando a postagem mas a data ficou errada! Que bom que vim aqui conferir! Beijo a todos!

Prô Cris Chabes disse...

Olá Vanessa achei o video sensacional
A Genis indicou no Face e já coloquei no blog da minha escola para o pessoal que tenha interesse
Acho que é um excelente material para reuniões pedagógicas, embora muitos professores querem mesmo é que a internet seja uma moda assim elas nem precisam se conectar
Beijocas
Cris Chabes

Desconstruindo a Mãe disse...

Oi, Vanessa,

Sou professora e trabalho num projeto chamado iPad na Sala de Aula. Embora ache esse video um pouco forçado, acredito que muitos dos nossos alunos realmente pensem que o que oferecemos a eles pode ser mais interessante. Não ficarmos presos a livros ou apostilas, como vemos alguns colegas extremamente dependentes, mas também não precisamos ficar grudados ao computador, netbook ou tablet como se fosse a tábua da salvação.

Existem muitas possibilidades, ferramentas e nós somos facilitadores do debate, precisamos ser flexíveis e conhecer essas ferramentas (redes sociais, por exemplo) pode nos colocar em outro patamar. Mas isso só acontecerá quando respeitarmos o fato de que nossos estudantes têm uma cultura que durante muito tempo foi ignorada e desdenhada pela escola.

Como esses instrumentos chegam aos nossos filhos/alunos? Sem qualquer questionamento? Só por modismo? Só porque todo mundo tem? Pra mostrar status?

Então o papel do professor e da família se faz mais fundamental ainda... Acredito que nós fazemos toda a diferença num mundo em que informações se desencontram e desejamos que o conhecimento se torne útil na vida de cada indivíduo, como agente ativo de uma sociedade.

Abraço,
Ingrid
www.ipadnasaladeaula.com.br

Vanessa Vieira disse...

Ola 'Desconstruindo a mãe' Que bom que pensas assim. Concordo plenamente contigo. Valorizar esta cultura é sim um dos primeiros passos para conseguirmos realizar satisfatoriamente nossos trabalho. E Ainda estou contigo, computadores e tantos outros recursos sozinhos... Nada podem realizar! Beijo grande! Obrigada pela participação!

Vanessa Vieira disse...

Cris. Inteligentíssima a indicação da Genis né! Vou lá no teu blog comentar! Beijo no coração!