28 de março de 2012

Planejamento



Planejamento é mais que um documento, é um instrumento que reúne as decisões coletivas dos agentes escolares, no qual os desejos e intenções devem ser expressados e seguidos conforme o PPP (projeto político pedagógico) . Para isso, cada membro da equipe escolar precisa estar ciente de seu papel e atribuições de forma a viabilizar as ações, contribuindo para que a prática em sala de aula e o cotidiano sejam coerentes com os objetivos propostos.
O planejamento não pode ficar guardado dentro de uma gaveta, ele é instrumento de uso constante para o professor, coordenador e direção. Não se pode planejar por ‘achismo’, abrindo mão da avaliação e do pensamento crítico, o planejamento é o momento de repensar a prática pedagógica num horizonte de possibilidades, fazendo com que a equipe escolar  reflita  sobre qual tipo de educação e formação que se pretende realizar.




Quando se pensa em planejamento pedagógico e o coordenador pedagógico é o principal ator nessa tarefa, pois deve avaliar e reavaliar continuamente os processos da escola, aferindo a aplicabilidade do planejamento no cotidiano escolar, além de designar tarefas e combinados a cada um dos componentes da equipe, monitorando prazos e cobrando o cumprimento das etapas estabelecidas. 



Além disso, o Coordenador deve zelar pela formação permanente de sua equipe, acompanhando a rotina da instituição, favorecer o desenvolvimento de habilidades e competências dos profissionais, tendo em vista também suas limitações para que se trabalhe a questão da superação. Além de exercer o papel de mediador dentro da equipe docente, o Coordenador mediará as relações com a diretoria, por meio das reuniões pedagógicas, que abrem espaço para a discussão da qualidade de ensino na instituição e mediará também a relação com os pais, por meio dos encontros de pais, que buscam integração entre escola e família. Outra função do coordenador é viabilizar o projeto pedagógico por meio da gestão curricular. O currículo norteará muitas das ações mediadoras do coordenador pedagógico, que deverá fazer valer os quatro pilares da educação: aprender a aprender, aprender a conhecer, aprender a ser e aprender a conviver. Tudo isso articulando as diretrizes curriculares dentro de uma proposta que trabalhe de maneira interdisciplinar

Texto de colaborador

Nenhum comentário: