9 de março de 2012

O ERRO..... na alfabetização!

"Senhores Pais, quando ajudar seu filho na lição de casa, por favor não digam: Isso está errado! Na alfabetização, não há ERRO, há um QUASE CERTO, pois as crianças estão elaborando o pensamento sobre como se escreve."



Nos moldes antigo, tradicionais da educação, essa dialogo não existiria. Quando uma criança ERRAVA uma palavra tinha que copiar 3, 5 ou até 10 vezes a mesma palavra todos os dias. Em alguns casos, os pais apagavam ou rasgavam a folha do caderno até que a criança fizesse o certo.

"Muitos pais e ainda alguns professores não compreendem que as repostas dadas pelas crianças, mesmo que distante do padrão apontado pela ciência, tem explicações lógicas e evidenciam avanços na aprendizagem", afirma Evelyse dos Santos Lemos, pesquisadora do Ensino de Ciências e Biologia da Fundação Oswaldo Crus (Fiocruz) do Rio de Janeiro.

Os estudos desenvolvidos por Emilia Ferreiro e Ana Teberosky na área da alfabetização evidenciam que o erro na escrita é parte do processo de construção na aprendizagem.

Exemplo: Uma criança que para escrever a palavra CAVALO usa as letras KAO está pensando no som das vogais para representar cada parte da sílaba. Com atividades corretas ela compreenderá que para escrever a cada sílaba é preciso usar duas letras, portanto não havia um "erro" inicial mas uma construção do saber.


Portanto é importante que os pais e professores tenham claro essas fases na construção da aprendizagem, afim de contribuir com as crianças nas lições de casa e de classe. Essa parceria é fundamental.

Beijocas

2 comentários:

Kinha disse...

Valeu pela dica.

Vanessa Vieira disse...

Adorei Cris. Este ano estou trabalhando com o 2º ano e vejo como esta questão do erro pode prejudiar a aprendizagem dos nossos pequenos. Fantástica sua reflexão! Beijo.