12 de março de 2012

Ai,ai,ai...as mordidas!!

Um momento tenso para mães e professoras: a dolorida mordida!
Ninguém gosta de ver o filho mordido e muito menos a professora fica tranquila quando isso acontece!
Por que as mordidas acontecem? O que a professora pode fazer para impedir?

Imagem retirada do google

Segundo o estudioso da educação Piaget, a boca é um instrumento de descoberta importantíssimo para a criança até dois anos. Ela a usa para se alimentar, sentir prazer e também para se defender. E a mordida é uma forma de defesa da criança.

A criança costuma morder quando está em uma situação de conflito e essas mordidas acontecem de forma incrivelmente rápida. O adulto pode estar ao lado da criança que mesmo assim ele não consegue evitar!

A criança morde quando:

-Quer o brinquedo que está na mão do amigo e ele não quer dar (eles ainda não sabem falar-nem pedir emprestado);
-Precisa aliviar alguma angústia ou tensão;
-Está entediada em determinada situação;
-Quer chamar a atenção do adulto;
-Precisa descobrir ou explorar alguma sensação (nesse caso morde objetos, brinquedos, etc);
-Está com ciúmes;

Algumas sugestões de atividades retiradas da Revista Guia Prático para professores da Educação Infantil que podem ajudar a professora a conter a mordida:

Além de fornecer um ambiente de afetividade e estimular a troca entre as crianças, a professora deve criar uma rotina de atividades para ajudar as crianças  a se expressarem e a descarregarem suas tensões de outras maneiras:

-Atividades de manipulação de papel, como rasgar revistas velhas, fazer bolinhas de papel,tudo para aliviar a agressividade;
-Momentos de manipulação de massinha:modelar,bater com força, esticar etc;
-Exploração de diferentes texturas: algodão,lixa,gelo e coisas moles como mingau colorido com corante, massinha de farinha e sagu.
-Atividades artísticas com guache, pincel, canetinha, oferecendo a elas telas de pintura, cartolina, papelão, papel etc.
-Atividades com música, cantando, batendo palmas e dançando.
-Brincadeiras com água e lama no jardim;
-Muitas historinhas, contadas com fantoches e uma entonação de voz atraente e cheia de suspense.

Imagem retirada do google

É importante comunicar sempre o fato aos pais da criança mordida e também aos da criança que está mordendo, para que possam ficar atentos aos comportamentos da criança em casa e até mesmo de brincadeiras que muitas vezes estimulam atitudes de  mordidas!

Tenham uma ótima semana!

Um comentário:

Tatiana Monte disse...

Olá,
Bacana o blog, parabéns!
Bom, passei tbm pra convidar você para participar de um sorteio, um livro bem bacana!
Passa lá no blog, vale a pena dar uma zoiadinha

www.sublimeamordemae.blogspot.com