23 de fevereiro de 2012

Cantinhos Pedagógicos

Muito se fala nas escolas e cursos sobre os "cantinhos" em sala de aula, mas como trabalhar esses cantinhos e de fato qual o objetivo por trás de cada um? 
imagem do google
Para responder a essa pergunta, vamos lembrar do criador dos "cantinhos" o Educador Celestin Freinet que dedicou a vida a elaborar técnicas de ensino que funcionam como canais da livre expressão e da atividade cooperativa, com o objetivo de criar uma nova educação.
Freinet criou uma pedagogia do trabalho. Para ele, a atividade é o que orienta a prática escolar e o objetivo final da educação é formar cidadãos para o trabalho livre e criativo, capaz de dominar e transformar o meio e emancipar quem o exerce. 
Um dos deveres do professor, segundo Freinet, é criar uma atmosfera laboriosa na escola, de modo a estimular as crianças a fazer experiências, procurar respostas para suas necessidades e inquietações, ajudando e sendo ajudadas por seus colegas e buscando no professor alguém que organize o trabalho. 

imagem cedida pela professora Claúdia Bardez
A pedagogia de Freinet se fundamenta em quatro eixos: a cooperação (para construir o conhecimento comunitariamente), a comunicação (para formalizá-lo, transmiti-lo e divulgá-lo), a documentação, com o chamado livro da vida (para registro diário dos fatos históricos), e a afetividade (como vínculo entre as pessoas e delas com o conhecimento).

imagem cedida pela professora Claúdia Bardez



Quando organiza os cantinhos, o professor não separa o conteúdo por partes, mas proporciona ao aluno a observação e a ação sobre determinado objeto de estudo (livros. experiências, material dourado, material para contagem, etc...).
Quando planejar cantinhos em sala, relacione-os com os conteúdos estabelecidos no planejamento, assim seus alunos poderão interagir diariamente.


Beijocas
Cris Chabes

4 comentários:

Vanessa Vieira disse...

Nem preciso dizer que adorei este post né Cris! Parabéns! Beijo grande!

Chris Ferreira disse...

Oi,
muito bacana esse post! Amei!
Ganhar livros é mesmo muito bom!
Beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Carla Patrícia disse...

Oi Cris!

O bom desses cantinhos é que as crianças exploram e interagem muito mais, têm possibilidade de trocas maiores e acima de tudo, ficam mais confiantes. Adoro isso!!!

Beijos! <3
Carla pathy
http://amoalfabetizacao-profcarla.blogspot.com

Rérida Maria disse...

Tem selinho pra vc!