14 de agosto de 2011

Professores também fazem poesias!

 Bom dia queridos,

Estamos terminando hoje nossa conversa sobre poesia em sala de aula. Sei que ainda há muito que se falar sobre o assunto, mas creio, também, que falamos  sobre o essencial que é a vontade de... Pois sem esta nada acontece, não é verdade.
Então....Para finalizar este assunto (por enquanto...) trouxe para vocês esse belo poema do Oswaldo Montenegro intitulado METADE.
Ele sintetiza tudo o que falamos nas semanas anteriores e nos impulsiona a sempre, tentar o novo...E ainda por cima é um poema. Coisa maravilhosa não é mesmo?

Vamos ao poema então...?


E ai, gostou?  Espero que sim.
Agora, gostaria de propor a vocês uma "brincadeirinha séria"!
Vamos fazer intertextualidades?

Eu começo! 0/


Que a vida e os sonhos que tenho
                                            Não me impeçam de ser o que realmente sou
                                           Porque metade de mim é o que realmente sou
                                                        e outra metade é o que sonho...
                                          By Vanessa Vieira.

Agora é a sua vez!
Faça sua intertextualidade e poste ali nos comentários.
Vamos fazer juntos um grande poema e na semana que vem postarei o resultado aqui no blog. 
Não deixe de participar dessa festa poética!


Ah,
E para aqueles que se interessarem
Criei lá no Facebook um grupo com  o nome Docência Poética.
Todos estão convidados a participar e contribuir. Corre lá Clique aqui


5 comentários:

Genis disse...

Oi Linda!
Ai, não sei escrever bonito assim não, como vou participar...? Tô com vergonha...rsrs
Bjus, Genis ♥

Prô Cris Chabes disse...

Olá Vanessa, comecei a ler os post e indicações do grupo Docência Poética no Facebook. Que maravilha
Sempre gostei muito de trabalhar com poesias com meus alunos e quando fui estudante do ensino médio, publiquei duas poesias no livro da escola.
Parabéns pelo post
Cris Chabes

Prô Cris Chabes disse...

Que lindo!
Vou completar seu poema dizendo a vc:

"Que sua vida seja um lindo sonho e que sonho seja real como sua vida".

Beijocas
Cris Chabes

Vanessa Vieira disse...

É assim mesmo Genis! No início morremos de vergonha depois a vontade vem!! Procure praticar sozinha, em um caderno só seu! Vai ver como a vergonha se esvais! (rsrs) Abraços!

Vanessa Vieira disse...

Adorei seus versos Cris. Também gosto muito do trabalho com as poesias. ainda estou aprendendo, mas já me apaixonei!!! Abraço!