26 de agosto de 2011

Orientações para o trabalho com o disléxico em sala de aula

Retornamos o trabalho após as férias escolares no mês de julho e uma colega professora recebeu um novo aluno com diagnóstico de Dislexia. Como nem sempre estamos preparados para lidar com todas as dificuldades apresentadas por nossos alunos, formamos um grupo de estudos para melhor compreender esse distúrbio e aprender como lidar com a aprendizagem em sala de aula. 
Pesquisando em um site encontrei algumas orientações interessantes que muitas vezes já utilizamos em sala.


Sabemos hoje que os distúrbios de leitura e escrita, dentre eles a dislexia, são fatores de maior incidência em sala de aula, portanto devem ser objeto de estudo e de compreensão por parte de todos os envolvidos. A escola, na figura do professor, necessita da um novo significado na busca de novos caminhos para o processo de ensino-aprendizagem dos alunos que manifestam essas dificuldades. É possível preparar o professor para identificar aquele aluno que demonstre dificuldades em adquirir a leitura e a escrita desde os primeiros anos do ensino fundamental e encaminhá-lo à avaliação aplicada por equipe especializada.Alguns aspectos facilitadores poderão ser introduzidos pelo professor como norte no processo acadêmico e como ferramentas de auxílio aos alunos disléxicos, a saber:

  • Perceber e estimular as habilidades de seus alunos, como forma de dar-lhe segurança, melhor autoestima e mecanismos compensatórios, respeitar suas ineficiências procurando auxiliá-lo de forma calma e segura, para que os alunos sintam-se confortáveis em solicitar ajuda ou tirar dúvidas
  • Explorar seu mundo imaginário e suas habilidades práticas e criativas
  • Permitir a gravação de aulas expositivas, visto que o disléxico apresenta dificuldades para anotar e prestar atenção ao mesmo tempo
  • Dar tempo adequado dependendo do trabalho a ser realizado, o disléxico despenderá maior tempo quando o solicitado requerer leitura e escrita de textos ou livros
  • Fazer provas orais e fornecer mais tempo para as provas que exijam leitura e escrita

Espero que tenha ajudado. Em outro momento colocarei informações de como está a evolução do aluno.
Beijocas
Cris Chabes

2 comentários:

Dia de Festas disse...

Genis obrigada por seguir meu blog. Você é muito bem vinda no Dia de Festas. Fique a vontade para festejar sempre.
Parabéns pelo blog é uma iniciativa muito legal a de vocês ao compartilhar conhecimentos que ajuda na educação de nossos filhos. Abraços

Vanessa Vieira disse...

Que bacana seu post Cris... Muitos professores ainda não sabem lidar com esta realidade apresentada por você, e inúmeras vezes vemos alunos sendo excluídos nas salas de aula por conta de suas dificuldades. Muito boa sua iniciativa de compartilhar conosco este experiência assim, podemos juntas pensar em possibilidades... Alternativas... Continue nos dando notícias sim! Adorei o post viu!