15 de agosto de 2011

Estudar vale a pena

Sempre falo aqui sobre a Educação Infantil e a sua importância, mas devemos lembrar que o incentivo à educação não pode parar! O Instituto Unibanco promoveu dia 11 de agosto, dia do estudante uma blogagem coletiva pela causa #Estudar Vale a Pena!

Constatar que poucos chegam ou concluem o Ensino Médio não é novidade para mim, como filha de professora de Língua Portuguesa no ensino médio sempre via minha mãe preocupada com a evasão de seus alunos por diversos motivos: gravidez, cansaço, drogas, ciúmes de namorado e principalmente o abandono por ter que trabalhar!

E minha mãe era aquela professora que não desistia nunca do seu aluno! Queria ser amiga, queria compartilhar suas expectativas e tentava mostrar que sempre tem um caminho para quem não desiste! Muitas vezes deixava a matéria de lado para ouvir os desabafos dos seus alunos e sempre com uma palavra amiga, um empurrãozinho para que eles não desistissem! Falava muito sobre cidadania, sobre o futuro de quem conclui seus estudos e que mesmo sem condições financeiras se esforçam, conseguem entrar em uma faculdade e melhorar a qualidade de vida.

Existem muitos motivos para a evasão escolar no Ensino médio, mas acredito que com o empenho do professor muita coisa pode melhorar pois pesquisas apontam que entre as causas do abandono, o desinteresse é um dos fatores predominantes, representando 40% nos motivos citados! E se tem desinteresse boa parte da culpa é do professor...

Um professor empenhado, com aulas dinâmicas e principalmente atento às necessidades dos seus alunos faz a diferença!

E você? Consegue fazer a diferença na vida do seu aluno?

Boa semana!

2 comentários:

Genis disse...

Oi Melissa, sabe sempre reflito sobre isso. Tento sempre fazer a diferença na vida dos meus alunos...
E muitas vezes faço com sua mãe, paro tudo pra ouvir, contar experiência, aconselhar e etc...
E eu acredito que estudar vale a pena, com certeza!
Bjus, Genis ♥

Prô Cris Chabes disse...

Olá Melissa,
Quando terminei minha faculdade tinha fazer a diferença de pelo menos um aluno. Mas quando olho para cada um deles meu sentimento é de que todos deveriam ter a mesma oportunidade de crescimento.
Infelizmente não é assim. Devido a inúmeros problemas nossos como professores e principalmente da estrutura familiar e social que os cerca, muitos alunos terminam o ano com dificuldades que continuaram ainda por muito tempo.
Adorei o seu post
Serve para muitas reflexões
Beijocas
Cris Chabes