22 de maio de 2011

QUANTOS PLANETAS SERIAM NECESSÁRIOS?



Olá ,

Hoje gostaria de iniciar com vocês uma conversa sobre o Consumismo e  Sustentabilidade. Tenho feito algumas pesquisas sobre o assunto e confesso que a cada nova descoberta que faço mais apavorada fico. Principalmente porque em todo o tempo se fala que somente através da educação é que se conseguirá mudar alguma coisa no mundo... 
Sei que nós professores não somos redentores da sociedade, mas enquanto educadores temos que tomar algumas providências urgentes para ajudar nesta luta pela preservação de nosso planeta.
É por esse motivo que compartilho o vídeo abaixo. Ele é o primeiro de uma série de 10 vídeos, publicados pelo Canal Futura, afim de conscientizar seus telespectadores sobre a importância de cuidarmos coletivamente e responsavelmente do local onde vivemos ( a terra).
Publicarei alguns desses vídeos aqui no blog e  trarei sempre uma discussão sobre o assunto tratado no vídeo. Creio que se queremos mudar alguma coisa  no mundo temos que começar por nós mesmos. 
Por isso... Mãos à obra!


E você, 
Sabe quantos planetas seriam necessários 
para sustentar os seres humanos 
se todos eles vivessem e consumissem igual a você?
Ainda não? 
Faça o teste e descubra!

Fontes:

Boa semana a todos
pensem no Consciente Coletivo

4 comentários:

Profª Thaiza disse...

Tbm acredito que a mudança começa [e deve começar!] em nós e através de nós!
A Campanha da Fraternidade deste ano veio a calhar!
=]
Um ótimo domingo!
Um mol de abraços!

Blog da Escola Virtual para Pais disse...

Olá,

Compartilhamos um link para esse post no Portal da Escola Virtual para Pais, ok?

Marcia Taborda
http://www.escolavirtualparapais.com.br

Kinha disse...

Deve partir de cada um de nós a iniciativa de começar a agir com responsabilidade ambiental!

Prô Cris Chabes disse...

Vanessa parabéns pelo post.
Hoje de manhã no Twitter o pessoal indicou a leitura.
Indiquei também outros post com linha parecida que vc deixou aqui.
Fico aguardando os próximos domingos para continuar essa leitura.
Cris Chabes