4 de maio de 2011

A CRIANÇA E A LEITURA – UM CAMINHO DO SABER A PRAZER


Para que uma criança obtenha o interesse pela leitura, é necessário que ela entenda que a leitura não é uma obrigação e sim uma satisfação. O interesse pela leitura começa antes mesmo de seu ingresso em uma escola, pois a criança tem uma curiosidade natural por tudo que a cerca. A leitura deve ser vista como uma atividade prazerosa e não algo que lhe seja doloroso.


A família que lê para a criança histórias, contos, poesias, ou revistas de seu interesse, incentiva nela o hábito e a simpatia pela leitura. A leitura precisa ser incentivada na infância pelos pais, pela família. Mas sabemos que isso é algo complicado, pois muitos pais não possuem o hábito de ler e, na maioria das vezes, nem o sabem. Sendo assim, resta à escola criar metodologias e projetos, não somente em sala de aula, mas na escola como um todo, para educar os alunos para a prática da leitura. Também é importante que os objetos de leitura estejam sempre ao alcance das crianças.

Na escola o educador deverá descobrir uma maneira de mostrar as crianças que a leitura é uma fonte de prazer. Ela pode habituar as crianças a entrarem na biblioteca, descobrir o cantinho da leitura, folhear os livros, saber dos livros novos que chegaram desde o início do ano. Mostrar-lhes a importância de entrar em livrarias, mesmo sem a intenção de comprar, só para olhar, ler as contracapas e saber dos últimos lançamentos.

É preciso descobrir o prazer de ler, é preciso redescobrir o gosto pela leitura. Novos escritores podem surgir a partir desses bons leitores. Precisamos de novos leitores e escritores com uma nova visão, precisamos de escritores capazes, com uma visão crítica, com uma visão ampla do mundo que os cerca. Precisamos de pessoas que escrevam e leiam, mas por prazer, pelo simples prazer de ler e escrever.

Em muitos casos, na escola o grande problema na verdade não é a falta de interesse da criança pela leitura, mas do educador. Quem não gosta de ler dificilmente ensina alguém a gostar de ler. O incentivo a leitura é de suma importância, se o educador não gosta de ler, terá que aprender, ou mudar de profissão, pois a criança precisa saber que a leitura é uma entrada fantástica para um mundo cheio de realidades e encantos.

Regina Gregório

Aproveitando o post, quero desejar um FELIZ DIA DAS MÃES apara todas as mamães seguidoras, minhas companheiras da rede Educação em Foco e todas as leitoras do blog.
Que Deus continue abençoando a vida de cada uma de vocês, que Ele renove as forças e os gestos de carinhos que tem pelos filhos.



Com carinho Regina 

6 comentários:

Genis disse...

Olá Regina,
Eu me cobro duas vezes, por ser mãe e professora, em ler para o JM.
A internet tirou um pouco esse encanto da compra, escolha de bons livros às livrarias.
Lá no sesi temos um projeto onde todos os colaboradores tem acesso aos livros da biblioteca. Eles são incentivados à leitura, bem como nossos alunos.
Beijos e bela postagem, parabéns! ♥

Genis disse...

♥ Ah, voltei pra agradecer pelo dia das mães, muito obrigada!
Bjus. ♥

Prô Cris Chabes disse...

Um dos momentos que mais adoro é o momento da leitura no inicio da aula.
Entro no universo da imaginação, da criação e viajo com meu alunos nesta louca aventura.
Adorei seu post
Beijocas
Cris Chabes

Cida Kuntze disse...

Olá Regina!
Concordo com tudo que escrevestes.
Desde que minha filha era bebê eu leio pra ela.
No aniversário de 1 aninho ela ganhou muitos livros e vivia com eles no berço. Eu podia limpar a casa tranquila que ela ficava olhando as figuras, sem estragar o livro e sem colocar na boa. Acreditas???? É difícil uma criança não colocar na boca, mas ela não colocava.

Agora ela fez 6 anos e já lê tuuudo. Eu leio pra ela ainda, mas ela pega os livrinhos e gibis e devora. Esse é o primeiro ano que ela vai pra escola, eu não coloquei no jardim, nada, saí do meu trabalho pra ficar com ela, mas sempre estimulando. Nós também lemos muito aqui em casa e ela vê.

Hoje ainda, enquanto eu limpava a casa, ela leu várias histórias em voz alta pra eu escutar.
Agora é a minha vez de ouvir histórias...rsrsrs.

Beijos e parabéns pela postagem!

melissa disse...

Professor tem como obrigação LER,tanto em casa como para as crianças na escola!Semana passada,fizemos feira do livro na creche e foi lindo demais ver as crianças,desde os bebezinhos até os maiores na maior alegria pegando os livrinhos!
Filhota aqui em casa deve ter mais de 100 livros...ela adora!

Regina Gregório disse...

Valeu meninas pelos comentários. Parabéns a todas vocês que além de incentivar a leitura na sala de aula, são exemplos de mães incentivadoras, levando os filhos a buscar conhecimento, cultura, aprendizado nos livros.
É muito triste deparar com professores que não leem para seus alunos e nem tem esse hábito pra si mesma, imagina incentivar os filhos!!
Mas vocês são exemplos de educadoras e mães. É isso ai!!! Parabéns!!!
Beijos