2 de fevereiro de 2011

Leitura e Escrita: Dicas nunca são demais!!!

Gosto muito de ler e passo isso para os meus alunos através da prática.
Desde o primeiro dia de aula, procuro ler alguma coisa para eles pelo simples gosto de ler, 
para que saibam que na nossa rotina, a leitura será sempre incluída.
Escolho vários gêneros, peço para que tragam "coisas" de ler", organizo um local na sala para leitura...
Mas o mais importante é estabelecer um vínculo do aluno com a leitura e a escrita, e para isso, algumas dicas legais podem ser seguidas:

Leitura:
 . Ler em voz alta para os alunos, explicando o tipo de texto e para que ele serve, pelo simples prazer da leitura.
. Observar a entonação de voz durante a leitura de cada gênero (já que, independente do tipo, o texto sempre traz uma mensagem e exige uma forma de narrativa).
. Propor momentos de leitura livre onde vários tipos de material impresso estejam disponíveis aos alunos (nesses momentos, estar por perto é importante para tirar dúvidas, mas é legal não interferir na atividade se a criança não solicitar). É um momento muito bom para observar a criança.
. Explicar, e se possível mostrar o livro, jornal, encarte, catálogo...de onde foi retirado o texto que foi ou está sendo lido.
. Organizar com os alunos um varal ou caixa leterária, com os textos mais apreciados e trabalhar esses textos em atividades na sala de aula.
. Muito Importante é observar a qualidade dos textos escolhidos, evitando versões que simplificam demais as histórias, principalmente os clássicos.

Escrita:
Aproveitar a curiosidade que a leitura desperta para trabalhar atividades de escrita, mesmo que ainda estejam iniciando a alfabetização:

. Depois de conversar a respeito do texto, propor que as crianças registrem o que mais gostaram ou compreenderam através de desenho, não esquecendo de colocarem o nome do texto e seu próprio nome, assim como a data da atividade (Sempre observando aqueles que precisam de mais atenção, mesmo que as informações estejam escritas no quadro.)
.Propor que as crianças escrevam diariamente: seu nome, a data do dia em alguma atividade ou no caderno, ou até mesmo o nome de uma história ou atividade realizada. ( a quantidade não importa, nesse caso, o trabalho é mostrar a funcionalidade da escrita e fazer com que a criança compreenda que tudo o que ela realiza, ela pode registrar através da escrita).
. Organize e escreva no quadro, juntamente com os alunos, uma  lista relacionada com algo realizado na sala de aula, na escola, num passeio, nomes e datas de aniversário, brincadeiras mais apreciadas... o importante é que as crianças participem dessa escrita e da leitura feita pela professora, assim percebem que podemos escrever e ler muitas coisas do nosso dia-a-dia.

Bom, meninas, tenho certeza que o que falei não é novidade pra nenhuma professora!!! 
Mas como eu acredito que em educação é sempre bom uma dica, uma idéia, um "socorro", não custa nada relembrar, né?
E por experiência própria: atividades assim são excelentes porque desenvolvem, não só a leitura e a escrita, como també, o gosto e a curiosidade em saber o "porquê" de se ler e escrever. O melhor ainda é que atividades assim não se restringem apenas a disciplina de Língua Portuguesa, já que globaliza interesses e quando a gente vê, metade do "conteúdo" está sendo trabalhado de forma interessante e significativa. Aproveitando essas dicas, percebi que minhas aulas ficaram muito melhores e o envolvimento das crianças nas atividades, muito melhor! 
Confesso que dá um pouquinho de trabalho, mas vale à pena!!!!!!!!
 E vocês, o que acham???
 Me contem um pouquinho da experiência de vocês nesse sentido!
Vou amar saber!!
http://amoalfabetizacao.blogspot.com

3 comentários:

Vanessa G. Vieira disse...

Carla você é demais! Adorei as sugestões... Que ambiente gostoso que você criou em minha mente... Lembrei muito da minha "turminha" da Ed. Infantil do Ano Passado! Vou guardá-lo com carinho aqui no PC. Beijo Grande!

Genis disse...

Excelente, Carla!
Como é bom compartilhar de nossas vivências em sala de aula!
Bjs.

Prô Cris Chabes disse...

Olá Carla, você disse no final do texto" tenho certeza de que isso não é novidade para as professoras", mas por incrível que parece é sim.
Conheci algumas professoras (uma delas dá aulas em uma universidade, outra está na coordenação de uma escola particular, etc...) que ficam admiradas quando entram na sala de aula e observam o professor realizando esse trabalho.
Nem todos querem esse envolvimento na hora da leitura, muitos preferem o "eu sou o professor aqui em cima", me desculpe, mas é verdade esse desabafo.
Tenho orgulho quando vejo professores com esse entusiasmo e desempenho.
Aliás tenho acompanhado seus blogs e indicado a professoras na escola.
Parabéns e bom ano letivo
Cris Chabes