16 de fevereiro de 2011

De olho na Lancheira da Criançada!

Lanche Escolar Precisa ser além de gostoso, muito saudável!
 (imagem da internet)
                Como mãe, me preocupo com a qualidade dos lanches que meus filhos levam para a escola. Como professora, minha preocupação se soma à responsabilidade que tenho como educadora, de alertar e dar dicas às mães dos meus alunos a respeito da importância de um lanche saudável e nutritivo. Claro que a praticidade fala mais alto na hora das mamães arrumarem a lancheira de seus filhos, mas é importante tomar cuidado com o excesso de açúcar e gordura, presentes em salgadinhos, biscoitos recheados, chocolates, balas, refrigerantes, etc.
                O importante é escolher um cardápio que seja prático e nutritivo ao mesmo tempo. Trocar frituras, salgadinhos, bolos com recheio e cobertura, biscoitos recheados, refrigerantes e achocolatados por outros alimentos, tornam o lanche saudável e alimentam.
                Gosto de abordar esse assunto nas reuniões de Pais, esclarecendo que o tema “Lanche Saudável” se tornará um projeto a ser desenvolvido durante todo o ano letivo, a nível de escola (meu município trabalha esse tema em todas as escolas e nenhuma escola possui cantina). São feitas pesquisas, trabalhos de esclarecimento com a criança e com a família, combinações e até livro de receitas práticas e nutritivas (escolho as que são fáceis e baratas, pois leciono em uma comunidade carente), mando bilhetinhos com sugestões de cardápios (vários durante o ano) e escolho, junto com as crianças e com a família um dia na semana como o “Dia da Bobagem”, ou seja, apenas uma vez na semana, as crianças podem levar doces, salgadinhos,refrigerante, etc.  
                Algumas das combinações que faço com as mães é que o lanche seja simples, em contrapartida, por pedido delas, o lanche trazido de casa é consumido na sala de aula, depois do lanche oferecido pela escola, que é no refeitório (que diga-se de passagem, é excelente, delicioso, nutritivo, caprichado e muito, muito balanceado!).
         O motivo? Como as crianças são pequenas, é o momento também de ajudá-las a desenvolverem hábitos e atitudes na hora de comer... Trabalho da família? Pode ser, mas muitas crianças, na minha comunidade, aprendem a se portar e comer direitinho na escola, porque em casa lhes falta esse tipo de atenção.
(alimentos da horta municipoal que abastecem as escolas de Imbé, município em que leciono)

 Lanches que podem ser combinados durante a semana: (escolha no máximo 3 itens)
- biscoitos sem recheio, bolachas, salgadinhos assados (5-6 unidades)
- suco de frutas
- sanduíche de margarina com chimia
- sanduíche de presunto, queijo, nata, requeijão (se houver refrigerador na escola)
- frutas
- iogurte (se houver refrigerador na escola)
- bolo sem recheio e sem cobertura
- barrinha de cereal
- inclua diariamente na mochila, além do suco, uma garrafinha com água

Oriento para que as mães coloquem os alimentos que precisam de refrigeração em potes ou saquinhos com o nome da criança, e que cada um traga sua própria garrafinha para consumo de água.

E vocês, o que acham?
beijinhos, 

                

2 comentários:

Aninha disse...

Essa é uma grande preocupação que encontro. Frutas precisa da retirada do caroço. mela mela e cortando fica estragado. O que fazer? quais a s opçoes? Não sei, já pesquisei mas não tem muita variedade neste sentido. Mando suco quase congelado para que na hora fique gostoso, nutritivo. A agua eu misturo água com pedra de gelo. Mas gostaria muito de sugestoes de lanches que seja pratico, nutritivo e que conserve sem a geladeira.

Prof.Cida disse...

Oi, meninas, estou te oferecendo uma medalha lá no blog, bjs...